Piaget: Adaptação – Acomodação – Assimilação

Piaget concede na sua teoria um lugar privilegiado ao problema de adaptação entre o indivíduo e o meio.

A acomodação e a assimilação são os conceitos básicos dos fundamentos gerais da concepção piagetiana do desenvolvimento.

O conhecimento é um processo e não um acumular de informação, é uma reorganização progressiva e uma construção individual.

A assimilação e a acomodação são os instrumentos do conhecimento, ou seja, as estruturas da inteligência que permitem a organização progressiva do conhecimento.

Para Piaget, há adaptação enquanto processo quando o organismo se transforma em função do meio e quando esta transformação tem por efeito um acréscimo das trocas entre ambos, favoráveis ao organismo.

Para explicar este processo de trocas entre organismo e meio, que não é mais do que a adaptação, Piaget utiliza vários conceitos que estão directamente associados com a biologia, como por exemplo o de invariantes funcionais.

Estas estas invariantes funcionais são os processos responsáveis pelos mecanismos dessas trocas entre organismo e meio, ou melhor, pelo funcionamento e gestão entre organismo e meio.

Os mecanismos chamados de invariantes funcionais que definem a interacção adaptativa do sujeito ao meio são a assimilação e a adaptação.

A acomodação é a actividade pela qual os esquemas de acção e do pensamento se modificam em contacto com o objecto. Pode ser espontânea no caso de se tratar de um esquema reflexo ou automatizado, ou pode ser voluntária, dirigida e reflectida.

São as transformações que o meio e os objectos impõem aos exercícios dos esquemas iniciais do sujeito, ou seja, as transformações que o meio e os acontecimentos operam no sujeito. Contrariamente à assimilação, onde os esquemas não são modificados, na acomodação o esquema inicial transforma-se em função dos novos objectos e do próprio meio.

Diante de um estímulo diferente, ou radicalmente novo, a criança modifica as suas estruturas ou esquemas (acomodação), depois assimila objectos semelhantes àqueles para os quais ela já tem um esquema.

Ex:
Com o esquema de sucção a criança chupa o seio e outros objectos. Na sucção de outros objectos não há modificação do esquema.

Quando a criança começa a comer com uma colher, o esquema de sucção não serve, necessita de ser modificado para que o bebé se adapte à alimentação com a colher – É um exemplo de acomodação.

A assimilação é a incorporação dos elementos do meio nos esquemas de que o sujeito dispõe e a acção do sujeito sobre os objectos e o mundo. Consiste em integrar os objectos em estruturas prévias, isto é, a incorporação da informação no próprio sujeito.

Quando há assimilação, não se traduzem modificações no sujeito, isto é, o sujeito face a uma nova realidade não modifica as suas estruturas.É uma integração de novos objectos naquilo que já existe, sem modificação das estruturas prévias, designadas por “esquemas”.

Em suma:

ASSIMILAÇÃO: Significa transformar as percepções de modo a torná-las idênticas ao próprio pensamento, isto é, aos esquemas anteriores. Assimilar é conservar, é de certa forma, identificar.

ACOMODAÇÃO: É uma actividade que consiste na diferenciação de um esquema de assimilação, ou seja, é o processo pelo qual o organismo suporta a modificação do meio.

ADAPTAÇÃO: É um equilíbrio entre dois mecanismos indissociáveis: a assimilação e a acomodação. Para que haja adaptação e desenvolvimento, é necessário que haja equilíbrio entre estes dois processos: a assimilação traduz estabilidade e continuidade e a acomodação traduz novidade e mudança.

Anúncios

Sobre susanaepsic

Sou licenciada em Psicologia Criminal mas gosto de todas as vertentes da Psicologia. O objetivo deste Blog é dar a conhecer alguns conceitos essenciais, para quem se interessa pelo tema. Todas as questões, sugestões, informações, opiniões, correções, etc., serão benvindas.
Esta entrada foi publicada em Autores, Conceitos com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s